A gente vive é no dia a dia…

13 fevereiro '12 por , em dicas, Na vida real....

No final do ano passado contei por aqui que me mudei, lembram? Então… acontece que me mudei pro mesmo prédio que minha família mora e encontro quase que diariamente com minha mãe no elevador, na garagem, na portaria do prédio… e (como mãe curiosa) ela sempre me pergunta onde estou indo. E na maioria das vezes, depois de ouvir a resposta, ela falava: mas pra quê isso tudo? Vai assim?!

Engraçado que não importava onde eu estava indo… se era uma reunião, ao salão, fazer compras, buscar o Lucas no colégio… ela sempre me achava muito arrumada pra ocasião. E olha que eu nem ando mega arrumada, hein? Sou bem normalzinha… minhas roupas são bem o que posto aqui no dia a dia mesmo!

E de tanto ela me perguntar… um dia eu pensei e respondi: Mas mãe… a vida é feita dessas pequenas coisinhas! De que adianta comprar mil roupas bonitas e achar tudo muito especial pro dia a dia, quando todo mundo te vê? Acho ótimo a gente ter algumas peças especiais pra festas importantes e grandes acontecimentos… mas pensa comigo? Você admira o estilo da sua vizinha que está sempre bacana indo trabalhar ou da sua prima que só se arruma direito pra festa da família, uma vez ao ano?

Não adianta vestir a mesma calça jeans+camiseta todos os dias. Nem o mesmo camisão+legging. Ou o mesmo vestidinho. O gostoso é estar legal sempre. E nem precisa pensar demais pra isso… é só usar o que tá guardado. Esperando uma vida de socialite pra sair do armário.

Ninguém normal vive de big festas. E as pessoas vão se lembrar da gente bonita com base no que vêem no nosso dia a dia, e não naquele casamento de 2007 que você arrasou na maquiagem!

Cada uma no seu estilo e com seu gosto… mas todas interessantes pra passear com os filhos, fazer compras ou andar com o cachorrinho… É possível e dá uma sensação boa de se cuidar, de estar de bem com a gente… pode confiar! Muda o humor do dia! =)

vidareal

E depois de uns dias minha mãe veio me dizer que era bobagem dela mesmo… cheia de roupa linda guardada e usando as mesmas roupas “de bater” no dia a dia… disse que ia tentar mudar isso aos pouquinhos… e que nos dias que usava uma coisinha diferente já ficava mais feliz e as coisas fluiam melhor! Legal, né?

Por uma vida mais arrumadinha! Mesmo na fila do pão!

50 comentários

50 comentários to “A gente vive é no dia a dia…”

  1. 13.02.12 | Responder #1

    comentário por Júnia.

    Adoreiiiiii o post!
    SENSACIONAL…
    Já guardei nos meus arquivos e pretendo postar no meu blog em breve! Claro que vou dar todas as referencias daqui….
    serio eu amei oq vc escreveu, bom vou sair aqui e ja mostrar para minha mae oq vc escreveu. cada palavrinha!!!
    sucesoooo

    http://www.demodenews.com/2012/02/valentines-day.html

  2. 13.02.12 | Responder #2

    comentário por Ana Cláudia.

    Penso bem parecido com vc! odeio a idéia de ter tudo guardado
    (até pq se vc não tem tantas festas assim, não dá nem conta de usar o que tem!). Mas tenho problemas em por isso em prática sabe… uso só saias e me sinto arrumada demais pra ir pra facu, onde as meninas estão de jeans e camiseta.
    é duro conseguir conciliar

  3. 13.02.12 | Responder #3

    comentário por Dani Roverotto.

    Arrasou no post, vou já estou fazendo isso, agora farei com muito mais freqüência…

  4. 13.02.12 | Responder #4

    comentário por Riane Angeli.

    Muito bom!! Concordo demais!!

  5. 14.02.12 | Responder #5

    comentário por Fazendoaphina.

    Ana, amei seu Post e concordo super com vc! De que adianta ter roupas bacanas e fuçar com do de usar?
    O legal e vc se produzir e curtir isso!
    Adiro seu blog!
    Bjao
    Vania

    http://www.fazendoaphina.blogspot.com

  6. 14.02.12 | Responder #6

    comentário por Luna.

    Oi Ana Paula!

    Eu sou leitora do blog há aaanos mas sempre tive essa preguiça de comentar.
    Comentei bem rapidinho no twitter, mas né 140 caracteres limita bastante, e hoje venci a preguiça de comentar porque acho justo saber que tem gente que acompanha seu trabalho e gosta do que você faz.
    Primeiro porque o blog é recheado de dicas mesmo mas usáveis e não um monte de recorte de passarela e revista que pra pobres mortais como eu não entende nada :P Coisas pequenas que fazem diferença no dia a dia de gente normal. Aí nota-se que os pots são voltados e pensados para a leitoras do blog mesmo e não para o ego da Ana. os pots sempre voltado para nós leitoras, e sempre reais, para pessoas que tem uma vida comum.
    Também gosto como você mescla uma peça sofisticada com uma da forever 21 por exemplo, ou seja, não precisa ser rica pra se vestir bem.

    Com o blog da Ana eu aprendi a me cuidar um pouco mais (sou preguiçosa pra isso demais da conta), a ter uma pasta no computador de inspiração, e de ousar mais (sou básiquissima).
    Coisas pequenas mas que fazem diferença.

    E isso não significa copiar os looks porque muitos deles são too much para minha regata e calça jeans bpasica, mas sempre serve de inspiração aqui e alí, ou seja, tô aprendendo a brincar com as roupas.
    Por fim, aprendi a não me limitar tanto só porque tenho 1.58 (sim, são exatos 1,58) apesar de vc ter bem mais corpo que eu (sou mais filé de borboleta, saca?)

    Parabéns pelo blog and keep up with the good work!
    Beijos :)

    ps ficou mal escrito mas tô com uma preguiça de revisar :P

    • 26.04.12 | Responder #7

      comentário por Aline.

      Luna, adorei seu comentário.
      É gostoso ler um blog feito pras leitoras e não pro ego da blogueira. E voltado pra maioria das mulheres, que não tem acesso a Chanel, Dior, Louis Vuitton e por aí vai.

      E Ana, seu post tá o máximo. Eu sou a maior preguiçosa pra me vestir, principalmente pra ir pro trabalho, só que é onde eu passo a maior parte do tempo!!! Tenho várias roupas legais, sou ligada em moda, mas só pratico de fato nos fins de semana.. por que não no dia a dia? vou mudar isso.

      Beijos

  7. 14.02.12 | Responder #8

    comentário por @anacaroldf.

    Sempre falei isso para as minhas amigas, é exatamente assim que eu penso

  8. 14.02.12 | Responder #9

    comentário por Anyktthrine.

    Adorei Ana o que você disse. Custei muito a aprender a ter uma “vida mais arrumadinha”. O mais engraçado é que eu estou adorando essa fase!!!
    Valeu pelas dicas! beijos

  9. 14.02.12 | Responder #10

    comentário por Rafaela.

    Ameeeei o post! Sou igual sua mãe e assim como ela vou tentar mudar meus hábitos.
    Vc está certíssima, o que vale mesmo é o conjunto de toda a obra e não dias pontuais, como um casamento ou um baile de formatura!
    Parabéns!
    Bjo.

  10. 14.02.12 | Responder #11

    comentário por Larissa Moreira.

    Tô precisando fazer esse exercício tb! Porque eu sempre fico com dó de usar algumas peças… bobeira né. Vou tentar fzer looks mais legais daqui pra frente.
    Beijos

  11. 14.02.12 | Responder #12

    comentário por Raquel barbosa.

    Nossa, achei ótimo seu post. Realmente não faz sentido ter pena de roupa, de bolsa, de sapato. A gente rala tanto pra conseguir as coisas, não? Adorei, bjs

  12. 14.02.12 | Responder #13

    comentário por Camila D'Santis.

    Arrasou no post !
    Palavras otimas e com certeza certas!
    As vezes muitas mulheres tem preguiça , dó de usar oq tem , ou acha que a rotina é apenas uma rotina e esquece o bom gosto, a feminilidade e a propria personalidade por preguiça .

    Adorei
    beijos
    com carinho
    Camila D’Santis.
    http://www.camiladsantis.com.br

  13. 14.02.12 | Responder #14

    comentário por A gente vive é no dia a dia… | FFBLOGS.

    [...] A gente vive é no dia a dia… | FFBLOGS .al2fb_widget_comments{}.al2fb_widget_comments li{}.al2fb_widget_picture{width:32px;height:32px}.al2fb_widget_name{}.al2fb_widget_comment{}.al2fb_widget_date{font-size:smaller} var base_url_sociable='http://ffblogs.com/wp-content/plugins/sociable/'jQuery.noConflict(); /* */ HomeSobre FFBContatoA gente vive é no dia a dia…No final do ano passado contei por aqui que me mudei, lembram? Então… acontece que me mudei pro mesmo prédio que minha família mora e encontro quase que diariamente com minha mãe no elevador, na garagem, na portaria do prédio… e (como mãe curiosa) ela sempre me pergunta onde estou indo. E na maioria das vezes, depois de ouvir a resposta, ela falava: mas pra quê isso tudo? Vai assim?!Engraçado que não importava onde eu estava indo… se era uma reunião, ao salão, fazer compras, buscar o Lucas no colégio… ela sempre me achava muito arrumada pra ocasião. E olha que eu nem ando mega arrumada, hein? Sou bem normalzinha… minhas roupas são bem o que posto aqui no dia a dia mesmo!E de tanto ela me perguntar… um dia eu pensei e respondi: Mas mãe… a vida é feita dessas pequenas coisinhas! De que adianta comprar mil roupas bonitas e achar tudo muito especial pro dia a dia, quando todo mundo te vê? Acho ótimo a gente ter algumas peças especiais pra festas importantes e grandes acontecimentos… mas pensa comigo? Você admira o estilo da sua vizinha que está sempre bacana indo trabalhar ou da sua prima que só se arruma direito pra festa da família, uma vez ao ano?Não adianta vestir a mesma calça jeans+camiseta todos os dias. Nem o mesmo camisão+legging. Ou o mesmo vestidinho. O gostoso é estar legal sempre. E nem precisa pensar demais pra isso… é só usar o que tá guardado. Esperando uma vida de socialite pra sair do armário.Ninguém normal vive de big festas. E as pessoas vão se lembrar da gente bonita com base no que vêem no nosso dia a dia, e não naquele casamento de 2007 que você arrasou na maquiagem!Cada uma no seu estilo e com seu gosto… mas todas interessantes pra passear com os filhos, fazer compras ou andar com o cachorrinho… É possível e dá uma sensação boa de se cuidar, de estar de bem com a gente… pode confiar! Muda o humor do dia! =)E depois de uns dias minha mãe veio me dizer que era bobagem dela mesmo… cheia de roupa linda guardada e usando as mesmas roupas “de bater” no dia a dia… disse que ia tentar mudar isso aos pouquinhos… e que nos dias que usava uma coisinha diferente já ficava mais feliz e as coisas fluiam melhor! Legal, né?Por uma vida mais arrumadinha! Mesmo na fila do pão!Leia diretamente na fonte: Ana Paula Pedraswindow.location="http://ffblogs.com?http://www.anapaulapedras.com.br/blog/2012/02/a-gente-vive-e-no-dia-a-dia/"; Redirecionando para a fonte…Facebook Twitter Assine [...]

  14. 14.02.12 | Responder #15

    comentário por neluma magalhães.

    tai, uma coisa q eu nem parei pra pensar antes. amei o post, pra refletir e ler sempre. POR UMA VIDA MAIS ARRUMADINHA!!

    @nelumamagalhaes

  15. 14.02.12 | Responder #16

    comentário por Talyta.

    Ana, adorei esse post! foi um tapa na minha cara literalmente! hehe. Você acredita que tenho roupas guardados há muito tempo ainda com etiquetas? sapatos e acessórios a mesma coisa, só esperando por uma “ocasião especial”, a vida é AGORA!!

    Super verdade!

    Beijos

    @talytaalmeida

  16. 14.02.12 | Responder #17

    comentário por Rogéria.

    Sensacional o post!!!

  17. 14.02.12 | Responder #18

    comentário por Larissa Maya.

    Me idenfitiquei totalmente! Vivo escutando essa perguntinha clichê “mas pra que isso tudo?” e sempre ignorava e continuava no meu jeito de vestir.. Sempre brinco com a minha melhor amiga que a somos as peruas da faculdade, a gente chega e percebe os olhares direcionados com a mesma perguntinha na cabeça! hahahaha
    Não ligo, me arrumo pra mim e não pro lugar onde eu vou, se eu gosto de comprar roupas, tenho mais é que usá-las mesmo, se não ficarão encalhadas no meu armário.

    Falou tudo o que sempre pensei! :)
    Beijos.

  18. 14.02.12 | Responder #19

    comentário por Juliana.

    Ana Paula, eu frequento o seu blog há um bom tempo e poucas vezes fiz comentários – mas hoje achei essa sua postagem tão SENSACIONAL que resolvi escrever!
    Parabéns, viu? Nossa, vc sintetizou tão bem..fiquei até “mexida” rs com o seu post!
    Confesso a você que gosto de me arrumar e tal, mas dependendo da tarefa (tipo, ir a padaria, farmácia) rola uma preguicinha e consequentemente aquele mesmo jean e blusinha de sempre, rs…o que foi dito aqui é para que seja repensado!!! Farei uma reflexão!!!

    Bjooo

  19. 14.02.12 | Responder #20

    comentário por Aurinha Martins.

    Gatissima, amei o seu post maravilhoso!!
    A minha mãe faz a mesma coisa comigo, o meu irmão faz bem diferente fala que eu sou muito careta para a minha idade pois me visto toda certinha sem mostrar peito e bunda, vai entender né!!

    bjokas amada!!
    http://www.aurinhamartins.blogspot.com

  20. 14.02.12 | Responder #21

    comentário por Simoni.

    Gostei do seu post, Ana! Lembro-me de uma viagem que fiz para a Europa, onde eu e minha mãe éramos as mais bem vestidas. O interessante é que nossas roupas eram antigas e simples, mas sempre caprichávamos em um acessório (lencinho, colar, chapéu). Acho legal isso! Uma pessoa bem vestida (roupas limpas e perfumadas), educada e cordial com os outros, independente de sua condição social. Adoro seu blog!

  21. 14.02.12 | Responder #22

    comentário por Fernanda B..

    Esse post eu tive que comentar! Concordo em gênero, número e grau com vc. Quantas vezes compramos uma roupa super bacana e usamos uma ou duas vezes pq estávamos “guardando a roupa para uma ocasião especial”. Admito que não é fácil para muita gente andar bacana no dia a dia, seja pela pressa de sair todos os dias, seja pelo ônibus cheio que tem que pegar, ou pq tem que andar muito a pé, carregar muita coisa, enfim, desculpas arrumamos aos montes para não fazer do cotidiano o evento especial que estávamos esperando para usar a roupa bacana. E vc tem toda a razão, o humor é outro qdo nos arrumamos um pouquinho mais (sem exageros! Não é necessário ir ao supermercado como se estivesse indo a um casamento), o dia a dia fica com cara de evento especial. Parabéns pelo post! Beijos

  22. 14.02.12 | Responder #23

    comentário por Lívia Duarte.

    Mandei pra minha mãe, super me identifiquei… Nossa. Minha mãe me dá muita coisa linda de presente, e qnd me vê indo pra faculdade com alguma coisa, ela costuma reclamar ou falar que eu ando maquiada demais que não precisa disso. E eu nunca consegui explicar isso que tá escrito pra ela, talvez ela consiga entender lendo… Amei!

  23. 14.02.12 | Responder #24

    comentário por Ka Lopes.

    Ana, bonita, fiz um post com a mesma temática no Hey Cute (http://www.heycute.com.br/2012/02/por-que-voce-esta-arrumada-assim.html) e, nossa, concordo TOTALMENTE com as suas palavras.
    As pessoas têm que aprender que vaidade não é crime e uma pessoa não deve ser criticada por gostar de estar bonita!

    Um beijo!!

  24. 14.02.12 | Responder #25

    comentário por Bruna Isabela.

    Esse post é a minha cara!!! Compro uma coisinha nova, fico = loka querendo usar!!! hahaha Depois Ana vc podia dar umas dicas pra looks interessantes para faculdade!
    bjbj

  25. 14.02.12 | Responder #26

    comentário por Mariela.

    Parabéns pelo texto, Ana!! Curti mil vezes!! Vou lembrar dele todo dia de manhã antes do trabalho!! Bjs

  26. 15.02.12 | Responder #27

    comentário por regy.

    Jesus!! nunca me identifiquei tanto com um post olho aki diariamente e nunca comento lendo o post e os comentarios das leitoras até chorei de emoção vi q não e só eu q saio um trapo pela rua qd vou fazer coisas simples, sinceramente eu tenho andado desarrumadda sempre deixando as roupas melhores pra depois acho q é por isso q qd vo em algum lugar sempre acho q to feia minha auto estima não anda muito legal cada dia me sinto mas culpada por isso por não me arrumar e depois ficar envergonhada ao lado do meu marido qd vejo uma mulher linda e arrumadinha até pra comprar o pão,depois desse post vo criar coragem me arrumar mais pra ver se eu melhoro a mim mesma!!

  27. 15.02.12 | Responder #28

    comentário por Dani.

    Adorei o post ! Acho que era disto que precisava para voltar a ter a vida que tinha antes.

  28. 15.02.12 | Responder #29

    comentário por Gabrielle.

    Adorei o post!
    Muito legal isso de estar sempre arrumada, sempre bem!
    Confesso q tem dias q a preguiça toma conta de mim, mas adoro escolher roupas, combiná-las, mesmo que seja pra ir no banco pagar uma conta.
    Adorei o blog, parabéns!
    bjO
    Gabi
    http://papodeflor.blogspot.com/

  29. 15.02.12 | Responder #30

    comentário por Rubia Cavalcanti.

    Muito, muito, muitoooo bom! E são as pequenas coisas que fazem a diferença! Comecei isso há pouco tempo e tô mais feliz! Usava sempre as mesmas coisas ou pensava “Afe, não vou gastar tal coisa pra ir a tal lugar” mas que nadaaaaa! Os looks de trabalho estão mais incrementados e quando as pessoas comentam eu digo que é pra atrair coisas boas e ryquezaas!

  30. 15.02.12 | Responder #31

    comentário por joyce.

    Meu Deus, este post falou exatamente o que penso…compro e uso tudo para o trabalho, faculdade, passeio, ir na esquina, no supermercado não importa…rs…Adorei!

  31. 15.02.12 | Responder #32

    comentário por Adelane.

    Disse tudoooooooooo, muáh!

  32. 17.02.12 | Responder #33

    comentário por Andreia Phillips.

    Post excelente!

  33. 22.02.12 | Responder #34

    comentário por Luciana Penido.

    Ana ,voce falou a mais pura verdade rsrs que boboeira é essa de ficar guardando roupas para “ocasiões especiais”,ficar “batendo” sempre a mesma roupa,andando sempre do mesmo jeito,porque nao usar aquelas peças que estao esquecidas no armário ou guardadas para aqueles momentos especiais?Eu sou assim mas nao quero ser mais. A gente morre e fica tudo ai rsrs.

  34. 23.02.12 | Responder #35

    comentário por Sil Rodrigues.

    Ana Paula, muito bom este post! Tenho pensado muito a respeito disso, inclusive também falei com minha mãe qdo fui no Natal na casa dela em Brasília. Bacana! bj

  35. 24.02.12 | Responder #36

    comentário por Sassa Cravo.

    Nossa, Ana, amei o post!!! Penso extamente assim, mas na hora de colocar em prática não sei o que acontece, às vezes preguiça, ou às vezes apenas estar atrasada faz com que a gente (eu) fique no basicão e quando surge algo interessante para fazer na hora do almoço ou no final de tarde eu penso:”Droga, tinha que vir jacu assim trabalhar?!” E me dá uma raiva… Vou tentar me livrar da preguiça e me lançar mais. Afinal, adooro uma produção! p.s: Só li hj o post pq estava de férias :) Bjão!

  36. 25.02.12 | Responder #37

    comentário por Ju.

    Ana,

    Você realmente me colocou na parede. Amo roupas, sapatos e vivo gastanto meu suado dinheirinho com tudo isso e no final das contas eu acabo não usando por tantos outros motivos. Esse post me fez refletir….
    Meu deu uma vontade tremenda de colocar meus saltões e etc nem que seja para dar uma volta no shoping, sabe?!
    Valeu pela super dica!

    bjs

  37. 27.02.12 | Responder #38

    comentário por Sisi.

    amei o Post!!!!
    bjs
    Sisi
    ShopBlog: Modas Internacionais
    http://wundertrend.wordpress.com/

  38. 28.02.12 | Responder #39

    comentário por Eveline.

    Eu sempre fico pensando nisso quando coloco alguma peça mais arrumadinha pro dia-a-dia… fica um diálogo dentro da cabeça entre “tá arrumado demais” x “nunca vou ter aonde usar isso, então”. E sempre tem aquela pessoa que faz o comentário “aonde você vai chique desse jeito”? rs
    Acho que o problema é que acostumamos visualmente com o jeans+camiseta que qualquer coisa fora disso chama atenção…
    Ótima reflexão!
    Mudando de assunto… o feed do blog já está funcionando?!

  39. 28.02.12 | Responder #41

    comentário por Camila Fernandes.

    Oi Ana! que belezura de texto!
    A vida da gente é bem assim né?!
    Nos esforçamos para comprar aquela roupa linda e na hora da verdade, sempre bate aquele sentimento ‘de que o evento para o qual estamos indo não é digno da peça’.
    Temos que mudar nossa maneira de pensar porque como diria Chanel:
    “Eu não entendo como uma mulher pode sair de casa sem se arrumar um pouco – mesmo que por delicadeza. Depois, nunca se sabe, talvez seja o dia em que ela tem um encontro com o destino. E é melhor estar tão bonita quanto for possível para o destino.”

    Beijos

  40. 01.03.12 | Responder #42

    comentário por Eu resolvi aceitar o desafio… « Vou de Saia.

    [...] aconteceu comigo. Acho que juntei a ideia à um texto da Ana Paula Pedras, que traz como título “A gente vive é no dia a dia…” e pronto, minha ficha relacionada a algumas dúvidas de estilo pessoal caiu repentinamente. Era [...]

  41. 21.03.12 | Responder #43

    comentário por Fabiana Tomazzelli.

    Amei, é exatamente assim que penso. A um bom tempo atrás eu comprava roupas e não colocava pra trabalhar, ficava pensando em usar primeiro em determinadas ocasiões e depois sim usar no dia a dia, acredita que tinha roupa que até saia de moda e eu tinha usado pouco por conta dessa mania de deixar só pra sair. Ai mudei, radicalizei mesmo, hoje uso tudo e é ótima a sensação de se sentir bem arrumada sempre e até receber elogios na rua.
    Bjos, sempre estou por aqui.

  42. 23.03.12 | Responder #44

    comentário por Jamilla.

    Concordo PLENAMENTE com você!!!
    Bjo,
    Parabéns pelo blog.

  43. 25.03.12 | Responder #45

    comentário por Alessandra (Espaço A).

    É a primeira vez que acesso o blog e estou gostando muito! Bem escrito, objetivo e sem estrelismos! Concordo com vc, devemos nos arrumar bem todos os dias, se possível. Eu sou assim, até para ir na esquina presto atenção no look. E não me visto para os outros, me visto para estar bem comigo mesmo, que é o mais importante! Parabéns pelo blog!

  44. 29.03.12 | Responder #46

    comentário por Thais M.

    Eu concordo! Minha mae costumava falar: “Minha filha, nao saia por aí mulambenta, nao importa se vc vai a padaria ou ao shopping, vc tem que estar sempre pelo menos apresentavel, e alinhada.”

    E é verdade, pq a gente nunca sabe com quem irá encontrar. vc pode encontrar um paquera ou um possível contato de negócios e acabar colocando tudo a perder por estar toda mal arrumada!

  45. 24.05.12 | Responder #47

    comentário por Luana.

    Ana sua lindaaa
    A gente vive é no dia a dia…
    Isso era tudo que eu precisava ouvir! Não acredito, hoje mesmo estava pensando sobre isso. Como deixo de usar as roupas que eu amo no dia-a-dia por medo do que as pessoas vão pensar. Mas acho que um pouco disso tudo é culpa sabia?No fundo eu pensava como sua mãe: imagina, se eu vou desperdiçar esse vestido lindo numa segunda-feira brava como essa!E a gente acaba desperdiçando a oportunidade de se sentir bem, linda e feliz!Muito obrigada por me fazer acordar pra vida!!!! Grande beijo!

  46. 30.01.13 | Responder #48

    comentário por Cristiani.

    Concordo plenamente com você! Um beijo

  47. 18.07.14 | Responder #49

    comentário por Links Legais | Leitura da Semana | No Armário da Carol.

    […] texto que eu amo e sempre vale a pena reler: A gente vive é no dia a dia, da Ana Paula […]

  48. 30.07.14 | Responder #50

    comentário por Ana.

    Ana Paula,

    você sempre surpreendendo, não é a toa que eu mudo meu humor quando você volta a postar, e confesso que estou adorandoooo este monte de uma vez, continue assim!

    Eu preciso aprender isso e vou começar a partir de agora. Valeu demais! E a propósito, sua mãe está sempre linda também, esbanjado elegância.

    Bjs

Deixe um comentário!








RSS feed for comments on this post